Pular para o conteúdo principal

Grupo de Análise de Presos Provisórios realiza mutirão na Unidade Prisional de Itapecuru-Mirim


Com problemas de superlotação, tentativa de fugas, mortes e rebeliões a Unidade Prisional de Ressocialização de Itapecuru-Mirim (UPR) que tem capacidade para apenas 40 presos e abrigava 157 internos, deste total 133 estavam presos provisoriamente e 24 cumpriam pena - vinte em regime fechado e quatro no semiaberto.


No período de 3 a 5 de agosto, um grupo de juízes analisou a situação processual dos presos da Unidade Prisional. Durante os trabalhos os juízes analisaram situações como, excesso de prazo da prisão e aplicação de medidas cautelares relacionadas aos presos provisórios, e recebimento de guias de execução e progressão de regime dos presos definitivos que já cumprem a pena. Ao final dos trabalhos, 26 presos provisórios foram liberados após a regularização do processo, e um dos condenados vai cumprir pena em regime aberto.

O mutirão que reuniu 120 processos de presos das comarcas do polo de Itapecuru, que inclui, além da sede, Anajatuba, Cantanhede e Vargem Grande, foi realizado pelo Grupo de Análise de Presos Provisórios (GAPP), criado pela parceria da Corregedoria Geral da Justiça e Unidade de Monitoramento Carcerário do Tribunal de Justiça (UMF) e formado pelos juízes Tereza Palhares (1ª Vara de Pinheiro) – coordenadora, Rodrigo Nina (Santa Luzia do Paurá) e Mirella Freitas (2ª Vara de Itapecuru-Mirim). Os promotores de Justiça Carla Alencar e Tiago Carvalho também participaram do mutirão, atuando pelo Ministério Público estadual.

CNJ - O mutirão cumpriu exigência do Conselho Nacional de Justiça, que determinou, por meio da Resolução nº 89/09, a revisão periódica das prisões provisórias e definitivas, com a revisão da duração e dos requisitos que levaram às prisões provisórias e o cabimento de benefícios da lei de Execução Penal nas prisões definitivas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dupla é presa em flagrante por porte e tráfico de drogas em Miranda do Norte

Durante abordagem de rotina a locais suspeitos de funcionar como ponto de venda de drogas em Miranda do Norte, uma guarnição da 2ª CIA de Polícia de Militar prendeu dois indivíduos em flagrante por posse de drogas com características de tráfico.


José Eleilton Santos Silva e Denilson Pereira da Silva foram presos em flagrante, na rua do Triângulo,depois que polícias militares ao revistaram a dupla e encontraram em seu poder oito porções de uma substância análoga a crack além de outras três porções de substância análoga a cocaína, o que segundo o comandante da operação policial caracteriza posse de drogas com características de tráfico.
Ao receber voz de prisão a dupla resistiu, sendo necessário o uso da força para imobilizar e conduzir os detidos para a Delegacia de Polícia, onde foram apresentados com escoriações devido resistência a prisão.

Polícia Civil apreende arma de grosso calibre e munição em Miranda do Norte

Operação policial deflagrada nesta quarta-feira (23), em Miranda do Norte resultou na apreensão de uma arma de fogo e várias munições.

Durante buscas realizadas pela Polícia Civil por intermédio da 2° Delegacia Regional de Itapecuru Mirim em uma residência na  Avenida São Luís,  bairro Novo em Miranda do Norte foram apreendidas munições de calibres 12 e 38, além de uma espingarda 12.

Fundação da Vila Esperança confirma liderança de Nilsinho do Pindoval e reascende a esperança de Pindoval voltar a ter um representante na Câmara de Vereadores

M
Mais populoso povoado do município de Miranda do Norte, Pindoval sente a falta de um legítimo representante na Câmara Municipal. Sem um filho da terra com assento na casa do povo a comunidade sente-se desprestigiada e acumula uma lista sem fim de demandas e reivindicações até então ignoradas pelo legislativo municipal. 

Abastecimento irregular de água, carência de um programa habitacional popular com vistas a sanar o déficit de moradia para a população mais carente, alem da ausência de espaços para a prática de esporte e e lazer, são problemas antigos que esperam por solução. 

Ciente de que sem um nome forte na Câmara de Vereadores os muitos problemas da comunidade tendem a aumentar e a caducar por falta de solução, a população de Pindoval decidiu se unir em torno de uma liderança jovem, filho da terra, que reúne todas as condições para defender os interesses de Pindoval no legislativo Municipal buscando soluções para os muitos problemas do povoado.



Nascido e criado na rua do Sol em Pin…