Pular para o conteúdo principal

Grupo de Análise de Presos Provisórios realiza mutirão na Unidade Prisional de Itapecuru-Mirim


Com problemas de superlotação, tentativa de fugas, mortes e rebeliões a Unidade Prisional de Ressocialização de Itapecuru-Mirim (UPR) que tem capacidade para apenas 40 presos e abrigava 157 internos, deste total 133 estavam presos provisoriamente e 24 cumpriam pena - vinte em regime fechado e quatro no semiaberto.


No período de 3 a 5 de agosto, um grupo de juízes analisou a situação processual dos presos da Unidade Prisional. Durante os trabalhos os juízes analisaram situações como, excesso de prazo da prisão e aplicação de medidas cautelares relacionadas aos presos provisórios, e recebimento de guias de execução e progressão de regime dos presos definitivos que já cumprem a pena. Ao final dos trabalhos, 26 presos provisórios foram liberados após a regularização do processo, e um dos condenados vai cumprir pena em regime aberto.

O mutirão que reuniu 120 processos de presos das comarcas do polo de Itapecuru, que inclui, além da sede, Anajatuba, Cantanhede e Vargem Grande, foi realizado pelo Grupo de Análise de Presos Provisórios (GAPP), criado pela parceria da Corregedoria Geral da Justiça e Unidade de Monitoramento Carcerário do Tribunal de Justiça (UMF) e formado pelos juízes Tereza Palhares (1ª Vara de Pinheiro) – coordenadora, Rodrigo Nina (Santa Luzia do Paurá) e Mirella Freitas (2ª Vara de Itapecuru-Mirim). Os promotores de Justiça Carla Alencar e Tiago Carvalho também participaram do mutirão, atuando pelo Ministério Público estadual.

CNJ - O mutirão cumpriu exigência do Conselho Nacional de Justiça, que determinou, por meio da Resolução nº 89/09, a revisão periódica das prisões provisórias e definitivas, com a revisão da duração e dos requisitos que levaram às prisões provisórias e o cabimento de benefícios da lei de Execução Penal nas prisões definitivas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Decepcionados com o governo, Paulinho Dourado e Romário Cigano embarcam na oposição - VÍDEO -

Aliados de primeira hora do governo Eduardo Belfort e tidos como influentes militantes do grupo político liderado pelo deputado federal Junior Lourenço, os vereadores Paulinho Dourado e Romário Cigano desembarcam da nau governista. 

Ao anunciar a decisão durante sessão da Câmara Municipal na última sexta-feira (20), os edis justificaram a mudança de rumo e elencaram alguns fatos que os motivaram a deixar a base governista depois de dois anos e meio atuando como aliados.

Romário e Paulinho a exemplo da vereadora Cristiane Chuva e do atual presidente da casa, vereador Eduardo Rocha que também integravam a base de apoio governista e hoje estão no campo da oposição, passam a compor  grupo oposicionista, agora com cinco integrantes no executivo municipal.
Reflexo do momento político local, a mudança na composição da Câmara Municipal de Miranda do Norte precisa ser avaliada pelos diversos grupos políticos e entendida como uma reacomodação de forças com vista as eleições municipais de 2020.
No…

Dupla é presa em flagrante por porte e tráfico de drogas em Miranda do Norte

Durante abordagem de rotina a locais suspeitos de funcionar como ponto de venda de drogas em Miranda do Norte, uma guarnição da 2ª CIA de Polícia de Militar prendeu dois indivíduos em flagrante por posse de drogas com características de tráfico.


José Eleilton Santos Silva e Denilson Pereira da Silva foram presos em flagrante, na rua do Triângulo,depois que polícias militares ao revistaram a dupla e encontraram em seu poder oito porções de uma substância análoga a crack além de outras três porções de substância análoga a cocaína, o que segundo o comandante da operação policial caracteriza posse de drogas com características de tráfico.
Ao receber voz de prisão a dupla resistiu, sendo necessário o uso da força para imobilizar e conduzir os detidos para a Delegacia de Polícia, onde foram apresentados com escoriações devido resistência a prisão.

Edital de concurso público divulgado nesta sexta (6), oferece 250 vagas para Prefeitura de Arari

Divulgado nesta sexta-feira (06), o edital do concurso público para o preenchimento de vagas do Quadro de funcionários da Prefeitura Municipal de Arari. O município oferece ao todo 250 vagas para diversas funções com grau de escolaridade fundamental, médio e superior.
As inscrições podem ser feitas nos endereços: www.fsadu.org.br e www.sousandrade.org.bra partir das 10h da manhã de 23 de setembro de 2019 até às 18h de 03 de outubro de 2019.
Todas as informações sobre o certame que está sob a responsabilidade da Fundação Sousândrade podem ser obtidas aqui: Edital Concurso Público Prefeitura de Arari .