Secretária de saúde apela aos norte-mirandenses que reforçem a parceria no combate ao Aedes Aegypti


A secretária de saúde de Miranda do Norte, Alexandra Reis, convida a população do município para reforçar a parceria no combate ao mosquito Aedes Aegypti e assim prevenir e erradicar doenças como Dengue, chikungunya e zika.


Segundo dados do boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, as três doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti: dengue, zika e chikungunya, mataram pelo menos 794 no Brasil em 2016, sendo 629 por dengue, 159 por chikungunya e 6 por zika. Ainda segundo o relatório foram notificados 1.976.029 casos prováveis das três doenças, todas transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti: 1.496.282 de dengue, 265.554 de chikungunya e 214.193 de zika.

O número expressivo de 1.496.282 casos de dengue registrado em 2016, é o segundo mais alto desde 1990, já os casos de chikungunya em 2016 representam um aumento de 589,7% em relação aos 38.499 casos registrados em 2015, já as mortes provocadas pela doença aumentaram 1.035% em 2016, passando de 14, para 159.








Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário