Pular para o conteúdo principal

Projeto de piscicultura vai beneficiar população de Santa Bárbara

Termo de compromisso assinado nesta terça-feira (21), entre o secretário adjunto de Estado de pesca, Ribamar sobrinho; secretario municipal de pesca de Miranda do Norte, Dimas Campelo; e o presidente da associação Santa Bárbara, Dionísio Sousa; assegura a implantação de projeto piloto de piscicultura no povoado Santa Bárbara, zona rural de Miranda do Norte. 
Coordenadora de capacitação, Thamires Guilhon, presidente da associação Santa Bárbara, Dionísio Sousa, secretário adjunto de Estado de pesca, Ribamar Sobrinho e O secretário Municipal de Pesca de Miranda do Norte, Dimas Campelo    

O projeto prevê a c
onstrução de cinco (05) tanques para criação de peixes, capacitação do pessoal envolvido no projeto, além do fornecimento de ração para os alevinos. A lista com os nomes de quinze (15) pessoas da comunidade que devem ser capacitadas com o curso de piscicultura já foi entregue a Ribamar Sobrinho. A comunidade Santa Barbara deve servir de vitrine para o projeto que visa capacitar todos os piscicultores da região. 

O Secretário Municipal de Pesca de Miranda do Norte, Dimas Campelo, em companhia do presidente da associação Santa Bárbara, Dionísio Sousa, foi recebido em audiência pelo secretário adjunto de Estado de pesca, Ribamar Sobrinho e pela coordenadora de capacitação, Thamires Guilhon.                        
             

           

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Miranda do Norte participa do Encontro de Gestoras de Políticas Públicas Municipais para as Mulheres

- Encerramento com a presença da Deputada Valeria Macedo, Procuradora da Mulher na Assembléia Legislativa -  A Secretária Municipal da Mulher, Nathaliane Aguiar e a coordenadora municipal, Milka Amorim participaram nos dias 14 e 15 de fevereiro,  no auditório do Convento das Mercês em São Luís,  do Encontro de Planejamento Estratégico para Organismos de Políticas Públicas para Mulheres do Estado do Maranhão.

Maranhense de Matões do Norte é morta a facadas em Campinas SP

Uma maranhense de 36 anos foi assassinada a facadas  na cidade paulista de Campinas. A mulher é natural de Cantanhede e seus pais moram em Matões do Norte onde o corpo deve ser sepultado. A vitima morava há  cerca de seis anos em Campinas (SP). Edna Maria da Silva de Sousa, foi morta  na tarde de quinta-feira (23),   dentro de  um ônibus da linha 197 (Jardim Marisa), em Campinas (SP), e teve o corpo abandonado  na altura do Km 86 da Rodovia Engenheiro Miguel Melhado Campos (SP-324). Edna foi atingida   com cerca de 14 facadas no tórax e nas costas.   O corpo da vitima foi encontrado graças a uma testemunha que viu o veículo fazendo o retorno e abandonando corpo no local. Após a denuncia, policiais foram até o local onde encontraram a vitima ainda com vida, socorrida ela não resistiu e morreu antes de chegar ao hospital. O ônibus onde ocorreu o crime foi localizado pela policia na garagem da empresa.  O principal suspeito de assassinar Edna Maria é o motorista do ônibus,  e

COVID-19: Miranda do Norte flexibiliza regras de funcionamento das atividades econômicas

Estabelecimentos comerciais que ofertam serviços considerados não essenciais no município de Miranda do Norte podem retornar suas atividades, a partir desta quinta-feira (16), restaurantes e lanchonetes também voltam a atender o público.  A medida de flexibilização das regras de funcionamento das atividades econômicas no município foram anunciadas nesta quinta-feira (16), através do Decreto 017/2020 GP, publicado na edição 649 do Diário Oficial do Município. ACESSE AQUI O Decreto 017/2020 O Decreto condiciona o funcionamento destes estabelecimentos ao cumprimento de regras e requisitos previamente estabelecidas e que devem ser seguidas a risca sob pena do fechamento compulsório do estabelecimento. Vale destacar a obrigatoriedade do uso massivo de máscaras, de qualquer espécie, inclusive de pano (tecido), confeccionada manualmente, como medida preventiva de evitar a transmissão comunitária da COVID-19. Para ter acesso aos estabelecimentos considerados como essenciais